terça-feira, 25 de janeiro de 2011

COMPRIMENTO DE CABELO TEM IDADE?


Há algum tempo, era lei: ao envelhecer, quase toda mulher decidia adotar os cabelos curtos por muitos motivos: rejuvenescimento, praticidade ou talvez preconceito.
Ao mesmo tempo, as mais novas cultivavam os longos na maioria dos casos.
Mas a moda dá voltas e, felizmente, é cada vez mais democrática e flexível. Assim, não há motivos para ter vergonha de ousar. Bons exemplos são as atrizes Audrey Tautou e Mayana Moura, que encararam a tesoura e desfilam seus cabelos curtíssimos e desfiados, assim como Vera Fischer e Demi Moore que, sem temer o preconceito, assumiram os longos mesmo depois dos 40.

Segundo Cristiano Torres, do Studio W Higienópolis, essa tendência mais moderna pode ter vindo das mulheres européias, por causa do comportamento menos conservador que adotaram, além do tipo de cabelo. "Os cabelos das mulheres acima de 40 anos hoje, são os repicados, desfiados e até mesmo as franjas, dando aspecto de modernidade e de mulher rejuvenescida".

Cristiano explica ainda que, de fato cabelos mais curtos rejuvenescem, mas tudo depende da sensibilidade do profissional para entender as necessidades de sua cliente. Isso porque o corte deve combinar com sua personalidade. "Para mudar o look de uma cliente acima de 40 anos ou mais nova, sugiro um cabelo que combine com sua personalidade e características", conta o profissional.




Para ele, além do rejuvenescimento, as mais velhas escolhem cabelos menores por causa de mudanças hormonais. "A mulher acima dos 40 anos passa por uma mudança hormonal, que interfere na estrutura do seu cabelo, deixando-os mais enfraquecido", esclarece, mas enfatiza que, após uma avaliação profissional, ela pode sim cultivar o longo.

Já o haristylist Alexandre Villa Verde, do salão Ophicina do Cabelo, defende que as mulheres mais velhas acabam optando pelos curtos pela praticidade: "Em geral, as mais maduras costumam ficar bem com os fios mais curtos, que são extremamente práticos, já que, em geral, elas não querem perder tempo arrumando os fios. Mas nada impede que uma mulher de 50 anos tenha longos fios".