terça-feira, 14 de junho de 2011

FORMOL NO CABELO PODE CAUSAR CÂNCER

Alisamento à base de formol pode causar até câncer .


Com o sucesso das escovas progressivas, é cada vez maior o número de mulheres que adere à novidade. Mas a beleza pode custar caro à saúde. A morte da dona-de-casa Maria Ení que passou mal ao aplicar produtos de alisamento, em Goiás, abriu espaço para discussão sobre os riscos do uso do formol nas escovas progressivas.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária divulgou informações preocupantes. De acordo com a entidade, a substância não está registrada para essa finalidade e pode causar alergia, perda de visão, aumento do fígado, câncer e graves ferimentos no aparelho respiratório, edema pulmonar, pneumonia e até a morte.

Em alguns casos, as "fórmulas mágicas" disponíveis em qualquer esquina podem danificar o bulbo capilar. Segundo o dermatologista Murilo Drummond, da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Cirurgia Dermatológica, o grande problema é que não se sabe o que está dentro do pote. "Não é um produto industrializado. A pessoa fica com o cabelo engessado, com a fisionomia modificada, e nem sempre conseguimos mudar essa situação. Os casos mais graves precisam ser tratados com cortisona e antibiótico, além de loções e xampus", diz o especialista.

O dermatologista disse ainda que é comum as pessoas dizerem que não há formol em sua fórmula, mesmo com a substância presente. A partir da terceira aplicação, o bulbo capilar fica impregnado pelo produto e pode ser destruído. Não é sempre, mas pode acontecer em 5% a 10% dos casos, principalmente nas reaplicações.

O presidente da Sociedade de Dermatologia do Rio de Janeiro, Celso Sodré, também falou sobre o assunto. Ele explicou que na composição dos produtos, o formol é descrito como formaldeído. "É importante pedir para ver a embalagem, por mais que se tenha confiança no profissional do salão. O cliente deve checar os componentes da fórmula e se o produto tem registro na Anvisa', alerta Sodré.


Fonte: http://www.elnet.com.br/canais_interna.php?materia=1883